Sangue de Pantera

Seja o primeiro a comentar este produto

Disponibilidade: Em estoque

R$41,90

Descrição Rápida

Sinopse:
Sangue de pantera é um dos filmes mais ambíguos do cinema fantástico. Transitando entre a psicanálise e o sobrenatural. A jovem e sexy, Irena Dubrovna (Simone Simon), tem constantemente alucinações com grandes felinos e durante a noite ouve uivos. Quando mergulha em sentimentos fortes como: ciúme, raiva e lascívia, libera a “pantera” assassina que tem dentro de si. Ao mesmo tempo que se interessa pelas suas histórias, um
psiquiatra tenta seduzi-la. Qual seria o fenômeno? Uma jovem sexualmente reprimida com medo de consumar seu casamento, ou uma descendente das bruxas de sua aldeia naSibéria? Este não é um filme apavorante. Produzido pelo consagrado val Lewton, que celebrou vários filmes nos anos 40, por acreditar numa abordagem sutil do pavor, no lugar de recorrer aos efeitos especiais grotescos. Em suas produções opta pelo uso de luzes,sombras e “insinuações” nas cenas de horror. Estilo de filme que fez escola, e torna este,uma obra-prima do Gênero.
Sangue de pantera.Os filmes de terror produzidos por val Lewton/Rko nos anos 40 são célebres por apostaremnuma aura sutil de pavor, em vez de recorrerem a efeitos especiais grotescos, o que ostorna um dos pontos culminantes do Gênero: de terror. Sangue de pantera , dirigido por Jacques Tourneur, narra a história trágica de Irena, a mulher-felina, que receia destruir aqueles que mais ama. Ollie red (Ken Smith) conhece a maluca e sexy Irena Dubrovna (Simone Simon)desenhando uma pantera negra no zoológico. O seu romance impetuoso os conduzem aocasamento, mas os primeiros sinais de problema não tardam. Irena parece obcecada comos grandes felinos e, à noite, ouve-os a uivar. 
O que não bate certo com Irena permanece basicamente ambíguo, e é isto que torna interessante este filme. Seria ela uma jovem sexualmente reprimida com medo deconsumar o seu casamento, como dá a entender o seu psiquiatra (tom conway), ou uma herdeira das bruxas da sua aldeia natal na sérvia, que veneram o diabo? Irena teme que sentimentosfortes como a luxúria, os ciúmes ou a raiva libertem a pantera assassina dentro de si. Estas paixões são de fato libertadas: numa cena, ela ataca o psiquiatra que a tenta seduzir, e noutras seqüências arrepiantes persegue a sua rival Alice (jane randolph) que trabalha com Ollie e também o ama.Sangue de pantera não é de meter medo, mas também não exagera o aspecto sexual como o Remake absurdo De Paul Scrader (1982), com as suas cenas de sexo e violência explícita.  É um filme impressionante, sobretudo no seu uso de luz e sombras. Numa cenamerecidamente famosa, Irena segue Alice até uma piscina, obrigando-a a saltar para dentro da água em pânico, enquanto sons misteriosos se fazem ouvir e sombras projetam reflexos de luz aquosa. Embora um pouco ultrapassado, sangue de pantera prima pelo diálogo sagaz. Alice é simpática na pele de “o novo Tipo: de mulher” – inteligente, decente e
amorosa. Ollie é provavelmente muito insípido para merecer o amor de mulheres tão maravilhosas. Mas a figura central é Irena, que permanece na mente do espectador como um dos monstros mais amistosos do cinema de terror (à semelhança de Boris Karloff como Frankenstein). Simon é charmosa – um pouco estranha com o seu rosto felino – melancólica e involuntariamente perigosa.

Sangue de Pantera

Detalhes

Ficha Técnica
Sangue de Pantera
Titulo Original:Cat People Produção: Eua
Ano:1942
Direção:Jacques Tourneur
Roteiro:Dewitt Bodden
Fotografia:Nicholas Musuraca
Música:Roy Webb
Elenco:Simone Simon – Kent Smith – Tom Conway – Jane Randlph – Jack Holt
Duração:73 min Legendas: Português - Espanhol
Áudio:2.0 – Inglês
Formato:4:3 – Fullscreen – pb - ntsc
Região:Livre
Bônus:Notas sobre o filme - Análise do filme pelo crítico e historiador Luiz  Nazario.

Tags do Produto

Utilize espaços para separar tags. Utilize aspas simples (') para frases.